Bem-vindos, este é meu canto no mundo digital. Espero que possam apreciar a música espalhada pela página, além de comparecer a algum dos próximos shows.
Por favor, elija su idioma / Please choose your language / Por favor, escolha o idioma.

Discografia

Santiago Belgrano - Vicisitudes

Disco

Santiago Belgrano:
Piano e Composição
Enrique Peña Arenas:
Guitarra
Diana Arias:
Contrabaixo
Guillermo Harriague:
Bateria
Enrique Norris:
Corneta em #2 y #9
Rodrigo Domínguez:
Saxo em #7
Data de lançamento:
Junho de 2014
Grabado en:
Estudios Fort Music
Engenheiro de som:
Florencio Justo
Design gráfico:
Ignacio Fretes / www.ignacio-fretes.com.ar

Multimedia

Fotos e vídeos

Biografia

Santiago Belgrano - Pianista, Compositor e Docente

Começou a estudar ainda na infância com o Mestre Francisco Votti. Começou seus estudos formais no Conservatório Superior de la Ciudad de Buenos Aires "Ástor Piazzolla", onde foi aluno dos mestres Alfredo Corral y Luis Caparra. Por sua vez, no ano 2009, gradua-se na Escuela de Música Contemporánea (EMC) onde tem o prazer de estudar junto a Ernesto Jodos, Juan "Pollo" Raffo, Daniel Johansen y Juan Cruz de Urquiza, ntre outros. Após, no ano 2012, finaliza seus estudos na carreira de jazz no Conservatório Superior de la Ciudad de Buenos Aires "Manuel de Falla", onde -além de continuar seus estudos com Ernesto Jodos- tem como professores a Paula Shocron, Pepi Taveira, Juan Pablo Arredondo y Marcelo Gutfraind -entre outros-. Fora do âmbito institucional, teve o grande prazer de contar, entre seus mentores, a Enrique Norris, Rodrigo Domínguez, Susana Kasakoff, Guillermo Klein, Jacob Sacks, Sophia Rosoff, Ran Blake, Marc Copland, Frank Carlberg, Tony Malaby y Bill McHenry. Compartolhou e compartilha cenário com muitos dos músicos mais destacados da cena do jazz argentino, como Enrique Norris, Carlos Lastra, Eloy Michelini, Sebastián Loiácono, Leonel de Francisco, Fermín Merlo, Guillermo Harriague, Alejandro Dixon, Nicolás del Águila, Francisco Covito, Diana Arias, Enrique Peña, James Suggs, Yamile Burich, Germán Lamonega, Andrés Przybylko, Maximiliano Kirszner, Franco Espíndola, Emmanuel Famin, Julieta Eugenio, Juan Presas e um longo etc. de colegas e companheiros de estrada. Participam do seu CD "Vicisitudes" os músicos Enrique Peña, Diana Arias, Guillermo Harriague, Rodrigo Domínguez y Enrique Norris.

Aulas

Presenciais ou via Skype

Nas aulas de harmonia e composição se trabalhará na permanente interação entre teoria e prática, a análise e a escrita, a imitação e a originalidade.

De acordo ao interesse e o conhecimento do aluno, se aprofundará em conceitos como o contraponto, a harmonia, a forma ou diversas técnicas compositivas.

Se tentará promover no aluno o costume de levar ao papel e/ou ao instrumento as buscas musicais e o hábito de analisar recursos interessantes de outros compositores (Thelonious Monk, J. S. Bach, Cuchi Leguizamón, Luis Alberto Spinetta, etc.), e aplica-los de maneira criativa até fazê-los próprios.

As aulas de Audiopercepção tentarão brindar ao aluno a compreensão de um material musical desde a escuta, sem necessidade de recorrer ao instrumento. Trabalhar-se-á a identificação de escalas, intervalos, acordes, melodias, progressões harmônicas, ritmos, contrapontos, etc. Se levarão à prática muitos conceitos do pianista e pedagogo Ran Blake, autor do livro "The primacy of the ear", em que concebe um enfoque da música puramente auditivo, a escuta meticulosa e a memória auditiva.

Nas aulas de piano se trabalhará a aproximação à música através do instrumento, desenvolvendo o prazer pela música e uma escuta consciente e atenta. Considero que o aluno –seja ele principiante, intermédio ou avançado- deve disfrutar da prática do instrumento e achar todo dia e de maneira criativa o jeito de abordar o estudo sim cair no tédio, na rotina e nos exercícios chatos e reiterativos.

Teve a boa sorte de contar entre os meus professores, com a destacada pedagoga estadunidense Sophia Rosoff que, entre tantos ensinamentos, uma vez me disse: "never play anything that you don't really love to play" (nunca toque nada que realmente não ame tocar). Considero essa a base do estudo pianístico, assim como de qualquer outro instrumento: estudar motivado pela busca da expressão e não desde o enfoque meramente técnico e mecânico, como propõem muitos professores e muitos conservatórios, através de escalas, estudos e exercícios sem musicalidade alguma.

É esse, no meu ponto de vista, o jeito mais apropriado de brincar (play) de música; sem importar-se com o tipo de música que o aluno pretende aprender, seja este jazz, música clássica, folclore, rock ou todos eles. O mais importante é a música e o amor pela música. A busca artística não distingue gêneros.

As aulas de improvisação são destinadas a todos os instrumentos, a todo aquele que quiser aprender a arte de compor em tempo real, interagindo com outros o sozinhos, de maneira estilística -jazz/tango/rock/etc.- ou aestilística –improvisação livre-.

Trabalhar-se-á tomando conceitos e propostas dos livros de Jerry Bergonzi y Hal Crook e de diversos mestres que teve-como Rodrigo Domínguez, Enrique Norris y Ernesto Jodos, entre outros-.

Procurara-se incentivar o aluno a explorar o máximo as capacidades do instrumento –seja ele qual for- e poder trabalhar na improvisação com diversas estruturas e métricas formais, além da improvisação livre.

Os grupos de jazz estão orientados a todo aquele que quiser aprender o género do jazz. Trabalhar-se-á a busca da linguagem, colocando o foco nas questões rítmicas do género e na interação com outros músicos. Pela sua vez, se analisará e fará uma aproximação aos enfoques do estilo através dos anos, baseados nos grandes músicos da história do jazz (Lester Young, Coleman Hawkins, Charlie Parker, Miles Davis, John Coltrane, Ornette Coleman, Sonny Rollins, entre muitos outros).

Agenda

Shows e eventos

Quarta-Feira 24/06 Porto Ranch - Pompeya 2419 - Castelar Barbie Martínez Grupo 22.00
Sábado 27/06 Teatro Municipal de Morón "Gregorio de Laferrere" Vicisitudes 21.00
Sábado 04/07 Cafecito Circus - Olazabal 706 - Ituzaingó Barbie Martínez - Santiago Belgrano 21.30
Sábado 11/07 Cafecito Circus - Olazabal 706 - Ituzaingó Barbie Martínez - Santiago Belgrano 21.30
Sábado 18/07 Cafecito Circus - Olazabal 706 - Ituzaingó Barbie Martínez - Santiago Belgrano 21.30
Sábado 25/07 Cafecito Circus - Olazabal 706 - Ituzaingó Dúo 21.30

Contacto

Para consultas, compras CD, contratações e aulas (info@santiagobelgrano.com).



Mais novidades, fotos e informação em:

     


Desenho web: Santiago Belgrano (info@santiagobelgrano.com)




"In my music, I'm trying to play the truth of what I am.
The reason it's difficult is because I'm changing all the time."
Charles Mingus